Arquivo

Posts Tagged ‘sol’

Curiosidades sobre o Filtro Solar.

O que significa FPS?

O FPS indica quanto tempo a mais você pode se expor ao sol antes de ficar vermelho. Por exemplo, se você fica vermelho depois de 10 minutos exposto ao sol sem proteção, ao aplicar um FPS 15 esse tempo se multiplica por 15. Nesse caso você pode ficar ao sol por 150 minutos antes de ficar vermelho. Usando FPS 30, serão 300 minutos. Mas o FPS indica a proteção somente contra os raios UVB. Os raios ultravioleta A (UVA) não contam na determinação do FPS. A medida da proteção anti-UVA é outra e também está indicada no rótulo dos filtros solares.

Modo de aplicar

A mudança na recomendação americana não se deve à ineficácia de um filtro com FPS 15. Se for bem aplicado, ele preserva a saúde da pele. O problema é que quase ninguém usa o filtro da maneira padronizada nos testes de medição do FPS. Isso porque a quantidade padrão usada no teste é muito maior que a aplicada na vida real. Para dar uma idéia: uma pessoa com 1,60m e 70kg precisaria aplicar 30g de filtro antes de ir à praia para garantir que o FPS seja aquele impresso no rótulo. Se levarmos em consideração a reaplicação depois de 3 horas de praia, são mais 30g. Assim, em dois ou três dias essa pessoa consumiria um tubo de 120ml de filtro para garantir o FPS do rótulo.

O bom senso diz que há algo errado nessa conta. Praticamente não existe quem use essa quantidade de filtro solar.

Usando menos filtro que a quantidade padrão, o grau da proteção cai. A pessoa acha que está com o FPS indicado no rótulo, mas na prática está com um FPS menor. Baseada nessas considerações, a Academia Americana de Dermatologia decidiu pela segurança. A orientação quanto ao valor mínimo do FPS aumentou para que as pessoas não se iludam com uma falsa sensação de proteção. Lembre-se: agora, praia só com FPS 30 ou mais.

Por Lucia Mandel

Fonte: Veja

Anúncios

Exposição ao Sol pode reduzir o risco de câncer de próstata.

Corpo bronzeado, corpo fechado. Passe protetor solar e ganhe proteção para o coração, a próstata e no corpo todo.

 Coração mais forte. A produção constante de vitamina D proporciona uma redução de 50% no risco de ataques cardíacos. É o que indica um levantamento da Escola de Medicina de Harvard (EUA). “Tomar sol por pelo menos 15 minutos diários ajuda a estimular a síntese dessa substância”, diz a dermatologista Luciane Scattone, consultora da MH. Para um aponte ainda maior, coma um sanduba de atum na praia: 85 gramas do peixe contém 5 microgramas de vitamina D.

 Próstata blindada. Um estudo publicado no periódico Cancer Research (EUA) garante que a exposição à luz solar intensa por meros 10 minutos, ao menos três vezes por semana, é capaz de diminuir à metade o risco de desenvolver um câncer de próstata. Os pesquisadores garantem que a boa e velha vitamina D promove um crescimento de células regulares da próstata, inibindo a produção de variações cancerígenas.

Organismo resistente. Exercícios de intensidade moderada, como corridas leves e meia hora de frescobol na praia, aumentam os níveis de glutamina no seu corpo. Essa substância tem ação antioxidante e é a base energética para as células do sistema imunológico. Ou seja, deixam você mais forte e resistente para agüentar a barra do verão.

Fonte: Men’s Health

Dica: Alívio para queimadura de Sol

Confira algumas dicas para depois daquele dia de Sol intenso.

Não esqueça de deixar seu comentário!

Fonte: Minha Vida